terça-feira, 14 de setembro de 2010

Uma recaida daquelas

Oiiiiiiiiiiiiii
deu uma saudade
uma necessidade de falar com alguem, principalmente com minhas amigas blogueiras do coração.

Meu Davi ta lindoooooooooooooo correeeeeee, pula, fala sem parar, ja esta com um vocabulario enormeeeeeee rsrsr. muito carinhoso, e espertooo (xiiii limpa a baba) rsrsr

Mas gente, to um caco, ha meses não vou no salão de beleza, ha um ano nao ia na ginecologista, afffffff minha vida só gira em torno do davi, nao fico longe dele nem 10 minutos , pois ate no banheiro ele vai junto.

amooooooo meu filho mais q tudo nessa vida , e minhas amigas d verdade sabem disso...
meu casamento tem dado umas balançadas feias, não pelo marido, mas por mim q nao em arrumo, nao converso com pessoas diferentes, não interajo, não to no mundo, sabe??????
sei q muitas de vcs me entendem.

eu nao estava mais me abrindo tanto aqui, por isso fui perdendo a vontade d escrever, mas to precisando tantooooooooooooooo conversar, tantooooooooo.

Minha ginicologista me encaminhou ao psiquiatra ( anonimos não se aproveitem dessa situação e nao caiam em cima d mim, se não eu caio d vez) , disse q to muito depressiva, e eu nem to me dando conta disso.

genteeeeeeeeeeeeeeeeeee preciso voltar a ser gente, mas isso nao significa que vou deixar de ser a mãe do davi....

aaaiiiiiiii gente, eu sabia q seria uma mãe protetora de mais, mas nao tao mega hiper protetora assim.... preciso deixar meu filho crescer.....

ele ta muitoooooo briguento, chora e se joga no chão a cada não q digo pra ele, as vezes tenta ate me bater, segue usando o peito como consolo, só para d chorar se fica segurando meu peito (preciso tirar esse costume, mas nao ta sendo facil) afffff

hoje procurei uma escolinha , simmmmmmmmmmmmm, meu coração despedaçado por ser tão fraca, ser tão pessima mãe, mas sabe q a escolinha é lindaaaaaaaaaaa, uma estrutura maraaaaa, as tias muito legais, e o valor d doer no bolso, mas meu davi merece tudooooooooooooooooo.

a adaptação nao vai ser facil, mas nós dois precisamos desse tempo, ele tem q brincar, crescer, interagir, e eu preciso d banhos descentes, ir ao salão, estar com cara d gente e roupas d gente e não pijamas os dias inteirossssssss... to sendo muito cruel com meu filho? to sendo uma mãe desnaturada? mereço ir pra forca? o conselho tutelar vai me tirar meu davi?? affffffffffffff torturas e bobagens a parte...hihihi

to desesperada......

ufaaaaaaaaaaaaaaaaaa 20 kg mais leve depois desse texto( íliada ou odisseia) rsrsrs

beijosssssssssssssssssssss
espero q ainda tenha alguma amiga por ai pra dar uma abraçinho..

15 comentários:

Cairenne disse...

Oi, Dani!
Te entendo perfeitamente! Tudo o que eu queria era fazer valer a mensalidade da academia que estou pagando sem ir malhar! Olha, eu também estou me programando e vou colocar o Igor na escolinha o ano que vem sim! E olha que eu só trabalho meio período e tenho uma super babá! Precisamos nos sentir completas de novo, não é mesmo? E descobri que desconto no marido por ele não se doar 200% como eu me dôo. Mas ele é que está certo! Como doar combustível se a nossa bomba está seca?! Invista em você também! Faça terapia, plástica, viaje, faça o que for preciso! Nossos filhos merecem mães felizes e realizadas por inteiro!
Pode contar com uma tela amiga, viu? Bjim

Pâm disse...

Oi minha flor...que bom que apareceu... Entendo perfeitamente você... eu tb fiquei assim um tempo viu... cheguei até a ir na emergencia de um PS passando super mal... e o diagnóstico: estresse e me pediram pra procurar um psicólogo tb...

Daí que me dei conta que minha vida tinha parado... vivia em função do Léo... parecia uma múmia descabelada de pijama em casa... um caos... não tinha vontade nem do marido... não ia no salão, não fazia as unhas... assim como vc... até que decidi sacodir a poeira... não coloquei o pequeno na escolinha ainda... mas mudei minha rotina... filhote até mudou de comportamento... agora eu tenho meu tempo... faço minhas unhas, vou ao salão, corto cabelo, faço hidratação... nem que for sozinha... tipo eu trancada no banheiro ouvindo uma música... rsrs... Estou sempre arrumadinha... e pretendo começar a malhar... minha auto estima foi lá no alto novamente...

Tenho certeza que com vc tb será assim... e nunca diga que vc é uma péssima mãe... vc é uma mami maravilhosa... mas lembre-se que quando nos tornamos mães não viramos expert no assunto... ou seja, estamos em constante aprendizado... sei que é difícil não se culpar... eu tb me culpo muito por várias coisas... mas depois paro e penso que sou humana... e que tenho o direito de errar pra poder acertar depois...

Se quiser conversar mais pode me mandar e-mail, me add no orkut...

Beijossssss

Mamãe Nayara disse...

Dani querida acho que praticamente toda mãe se encaixa no seu perfil. Confesso que também já passei por tudo isso mas chegou uma hora que precisei mudar.
Lembre-se vc nunca deixará de ser mãe do Davi, mas deve se cuidar como mulher, como esposa, como pessoa.
No primeiro dia de escolinha da Luísa fui com o coração despedaçado, chorei. Mas essa foi uma escolha boa, não só pra mim, mas principalmente pra ela.
Ela está se desenvolvendo super bem e enquanto isso estou podendo cuidar da nossa vida e do nosso futuro.
Isso não vai te fazer menos mãe, muito menos cruel. Pelo contrário, isso te dará força, vc vai se sentir renovada, e completamente feliz e satisfeita de ver seu filho se desenvolvendo com outras crianças.
Força viu? Estaremos aqui pra te ajudar e te apoiar sempre
Fiquem com DEUS
Beijos

Rebeca disse...

Ô Dani, não se cobre assim não.
tenho certeza que a escolinha fará muito bem para o Davi. Ele ficará mais independente interagindo com outras crianças. E esse sofrimento todo vai passar quando vc ver o quão bem ele ficará.
Força amiga, não desista. Dias melhores virão!

Beijos

Bibi Elias disse...

Oi, Dani! Bom, eu descobri seu blog há pouco tempo e logo te add nos meus favoritos. Mas não tive muita sorte... Rsrsrs. Logo depois de te descobrir, vc só postou uma única vez. Levei até susto hj qdo te vi nas atualizações do meu blog. Tomara que vc volte p/ valer!
Bom, como todas as meninas acima já disseram, o que vc passa é quase que unânime entre as mamães. O que muda é o tempo de duração, eu acho. Fiquei bastante tempo como vc e, confesso, não estou 100% no meu normal ainda. Mas já dei uma recuperada boa na auto estima e na vida social. Não fico mais c/ a raiz dos cabelos branca, nem s/ depilar, nem de pijama o dia todo. Mas ainda tenho uma trava enorme em deixar Theo c/ alguém diferente da minha mãe, ou de ficar muito tempo longe dele... Escola não passa pela minha cabeça ainda (ele tem 14 meses), mas isso pq tenho a ajuda da minha mãe. Se fosse em outras condições, mesmo me doendo muito, eu iria TER q pensar numa outra opção (e a escola seria uma delas).
Não se sinta mal, nem menos. Davi sabe a mãezona q ele tem e isso nunca vai mudar!! Uma horinhas na escola não irão diminuir o amor dele por vc, pelo contrário, existe o risco enorrrrme de só aumentar!!
Beijinhos,
Bi

Angel e Davi Liotto disse...

Oieeeeeeeee Daniiiii...

Saudadessss de vcs!!!

então amiga, não vc não é uma mãe desnaturada...rs...o meu Davi tb estava na escolinha, mais começou a ficar doente constantemente, ai nossos pediatras, sim pq até mudar de pediatra eu mudei...não aguentava mais ver o Davi doente!!!...mandaram tirar da escolinha, disseram que estavamos atropelando as coisas, e ele ia seguir doentinho se ficasse la...ai com dor no coração pq ele amavaaaaaaaaaa a escolinha eu tirei!!! depois de quase 300,00 de material, com dois meses de idas tiramos ele, pra ele foi ótimo, nossa como se desenvolveu...maisss a saude dele é mais importante né...aiii ficamos de volta-lo pra escolinha depois q fizesse os 2 aninhos...

Mais eu acho q vc tem que viver sim...eu digo pra mim é um sonho tomar banho sozinha ou dormir só eu e meu marido, tenho sempre o davi no banheiro ou no meio da cama...kkkkkkkkkk...mais confesso que amuuuuuuuu dormir segurando a maozinha dele...e ele tb dormi superrrrr bem junto conosco!!


então amiga...não se culpe...viva um pouco sua vida, deixa ele brincar, se sujar...fazer festa...eles precisam disso...qdo a superproteção é muito prejudicamos ele...e vc vai ver como é bom viver um pouco e ainda qdo chegar em ksa encontrar o sorriso mais incrivelmente lindooooooooooooooo do mundo...

e sobre as pirraças, comecei uma técnica nova, qdo precisa dou um tapinha na palma da mão e coloco de castigo (conselho de uma psicologa) 1 ano 1 min de castigo...ai qdo ele começa a pirraça brava, eu já falo, vc quer ficar de castigo na cadeirinha???? rapidinho ele diz que não e vai achar o que fazer...rsrs, pode parecer cruel, mais não mata, não machuca e não faz mal, ao contrario, tem que impor um pouco de limite senao a gente não aguenta né!!!


bjaummmm linda

vc tem orkut??? me add la ou no msn se vc tiver angel_liotto_@hotmail.com

bjosssssssss

Irma Andréia disse...

Oi Dani...
Negócio é o seguinte... Ser mãe é assim mesmo rs... Digo na experiencia da segunda rs...
Imagina, eu vim pra ca com um bb de 2 meses no colo, marido viajando e eu nao conhecia ninguem, nem nada...
Aproveitei meus meses de reclusão total pra nada... isso fazer nada, cuidava da minha casa, das minhas coisas,saia muito passear de carrinho pelas redondezas de casa, unhas/salão sempre que meu marido estava em casa... (a cada 2 ou 3 semanas - AINDA)... e boa... crente que tudo passa, o tempo passa e eles crescem... tudo volta a funcionar... Agora quando tinha o meu tempo de novo, veio Juju, onde eu for ela vai junto... quando quero fazer as unhas (nem q seja em casa mesmo)... dou um cansaço extra nela... pra durmiu loguinho e pronto... coisas mais elaboradas... exigem combinação e planejamento para quando o papai esta em casa ( no momento só em outubro)... Mas ela tambem já esta matriculada na escola para o ano que vem, na mesma onde laurinha estuda desde os 2.5 anos... com certeza será ainda muito melhor pra ela do que pra mim...
Mas na verdade... nao se cobre tanto... deixa acontecer... mas se for pra passar o dia de pijama, que seja um bem lindo né rs... ai aposto que o marido nem vai reclamar kkk

bjkas

Fabrica de princípes! disse...

Oun minha querida!Te entendo perfeitamente, tbm com essa lindeza não é dificil de entender o pq da sua babação e super proteção!Ele está realmente lindooooooo demaissss!Aqui as coisas tbm não são faceis, a 3 anos e 8 meses minha vida é ser mãe dos principes, a 3 anos e 8 meses não fico um dia sequer sem trocar fraldas, a 3 anos e 8 meses não tenho vida social, nem assuntos com "amigas" de antigamente( e nem tempo pra arrumar amigas recentes), a 3 anos e 8 meses brigo comigo mesma pra não me deixar cair, pq sinceramente sessões com psicologos ou psiquiatras não me agradam(minha mãe faz terapia a anos e eu não curto isso não, não é facil, tem dias que eu choro só de olhar no espelho, me pergunto onde está a mulher de 22 anos que devia estar sempre de salto alto, reinando com uma boa profissão, cheirosa e maquiada e o melhor sendo admirada por todos à minha volta?!?!Mas olho pra baixo e vejo 3 pessoinhas que me mostram que estou ali, na aprendizagem, nas alegrias, nas pirraças(mãe tbm estraga filho, não só avós)e no dia a dia acompnhado de perto e com orgulho por estar presente nas primeiras palavras e passos!Não se culpe amiga, vc escolheu ser mãe e esse serzinho logo logo vai virar e mandar vc cuidar da sua vida que ele já sabe se virar(pq vc ensinou claro!) e vc vai ver que fez bem de ter curtido essa fase(pq voaaaa) e vai ver que não é tarde pra cuidar de vc, de ser vc, de se amar antes de tudooo!Claro que umas horinhas num salão de beleza e uma gostoso banho mega demorado de vez em quando ajuda muitooooo passar por essa fase, mas saiba que essa fase passa logoo, vc verá e com certeza mesmo parecendo um martirio hoje vc ainda vai sentir saudade desse grude todo, e esse com certeza é um GRANDEEEE sinal que vc passa longe de ser uma péssima mãe viu sua boba?!?!Se fosse essa monstra que vc se julgou esse lemão ia querer é distanciaaa!kkkkkk

Com certeza a escolinha vai ser ótimo pq além de ser algumas poucas horinhas vc ainda elevará sua alto estima com um tempinho pra se dedicar a vc!Vá em frente amiga!Levante a cabeça, sacode a poeira se ame mas continue amando protegendo e cuidandoooo muitooo sim desse baby lndo pq na hora que ele cansar vc vai ver como ele vai falar que quer um espacinho e vc vai ver o quanto e como ele cresceu rapidoo!

Fique com Deus!
Desculpe do comentario mega confuso, mas estou aqui com dores na lombar que é um saco e não me deixa descansar nadinha, sono a beça e ainda se preparando pra tomar meu banho(sempre de madrugada!normal!kkk)

Beijos querida e não nos abandone mais, estava com saudades!Bjinhos no loirinho deliciosoooo!

Andréia disse...

Oi Dani, te entendo, e estou do seu lado em qualquer decisão que você vier tomar. Sabe porque? Porque vc é uma excelente mãe! Se vc não fosse, nem visitaria seu blog, porque não tenho paciencia para mãe relaxada, mas vc amiga, é muito carinhosa, dedicada, e o amor que vc sente pelo Davi a gente consegue sentir aqui, do outro lado da tela!

Estou contigo e não abro!
Beijos!!!!!!!!!!!!

Juliana disse...

Oi Dani, li o que escreveu e me vi no seu lugar perfeitamente. Tudo, igualzinho aconteceu comigo menina! Deixei de me cuidar, me casamento quase foi a ruínas, fique com depressão e quase nao saia de casa, eu nao vivia mais, meu filho Thiago vivia por mim e por ele. Fui encaminha ao Psiquiatra, tomei varias medicações, melhorei assim como vai melhorar, crescer faz parte da natureza, mas é dificil aceitar. Meu menino tem 10 anos, olho fotos e choro, amo ele acima de tudo na vida. Mas parece que com o tempo as coisas vão escorregando entre os dedos e eles nao são tao dependentes de nós como eram como pequenos, as vezes fico triste, mas me alegro depois, pois sei que fiz e faço tudo que posso por ele. Opppssss, vim comentar e estou desabafando! Bjus Dani, vai dar tudo certo!

Adriana disse...

Oi! sugeria as meninas que me acompanham no blogger a fazermos uma postagem coletiva sobre o libido pós maternidade....tem saído uns posts bem legais sobre isso e muitas meninas tb tocaram nesse assunto de deixar de se arrumar, cuidar de si, enfim, se anular em função de um filho.

Vc não é a única a passar por isso. Aliás não conheço alguém que NÃO tenha passado por isso. Nos primeiros meses vc nem nota porque está deslumbrada com a maternidade, mas chega um dia que vc olha pra trás e se pergunta cadê a mulher que eu era antes?? sabe, na verdade acho que ela nunca mais volta. Depois que nos tornamos mães renascemos. Mas nunca é tarde para fazer desse renascer algo melhor do que eramos antes em todos os sentidos, afinal, com a maternidade amadurecemos, viramos leoas, nos sentimos poderosas!!!!!

Aproveite o período que ela vai pra escolinha (sim, VOCE vai sofrer um pocado com isso) e dedique-se a vc! cuide-se, inveista em sí, malhe, resgate a mulher que tinha em vc antes do baby nascer afinal ele precisa de uma mãe lindona pra ir buscá-lo na escolinha não é?

bj

Evelyn_mãe_da Sofia disse...

Ai amiga. Tb to desse jeito. Não sei mais o que fazer!! Nem banho eu tomo direito!Socorrooooo!!

Meu canto, nossas conversas... disse...

oi dani, pelo jeito ela nao recebeu, perduntei pra ela, e ela disse q nao recebeu nada, manda email de novo la pra ela.
etiquetas.dk@hotmail.com
bjus
Flor

Wélinna Teles disse...

Daniiii fiz das suas as minhas palavras! eu poderia copiar seu post e mudar os nomes de tão igual o que eu sinto! mais nao se culpe nunca deixaremos de ser maes! mais se nao cuidarmos de nos podemos deixar de ser esposas!Beijos enorme em vcss! saudades fiquem com Deus!

Mamãe do Victor disse...

Amiga querida, te entendo muito pois muitas vezes me sinto assim, parece que envelheci anos depois de ser mãe, nós amamos nossos filhotes, claro, mas também somos mulheres, amigas, esposas e essas outras que erámos antes de ser mãe muitas vezes nos fazem falta, vc é uma mãe maravilhosa, não se culpe por nada, você precisa sim de um tempinho pra vc e se a escolinha for a solução não vejo mal nenhum, aposto que ele vai curtir os amiguinhos novos... força amiga e quando precisar conversar pode contar comigo, tá?! bjosss em vc e no principe.

 
Design by Layout para Blog