sexta-feira, 14 de maio de 2010

Pra que vc tem seu filho?

Pra mostrar que tem tudo sobre controle?
Pra mostrar que é mais forte que ele?
Pra fazer com que ele seja independente logo?
Pra ter a mesma vida de antes? sem abrir mão de nada do passado?
Pra que querer e faze-lo ser "mais velho" do que ele realmente é?
Pra que usar roupas de mini adultos nele?
Pra que obriga-lo a ficar quieto sem encomodar em nenhum momento?
Pra que deixa-lo chorar?
Por que não amamenta-lo se seus peitos jorram leite?

Eu não sei vcs, mas eu sei por que desejei tanto o Davi
Para ama-lo incondicionalmente.
Para aproveitar esse momento, essa fase unica que estamos vivendo.
Para acudi-lo sempre que for necessario, independente da hora que for.
Poderia enumerar centenas de motivos para querer ter meu filho, sei q vcs tb tem muitosss motivos.

Então não maltrate seu filho, só para mostrar q quem manda é vc.
Não leve em conta tudo q te falam.

Vamos levar sempre em conta o que nosso coração de mãe disser.
Por mais que por isso, vc seja rotulada de super protetora, rotulada q não consegue manter seu filho na linha, e muitas outras barbaridades que muitas de nós ja ouvimos.

bjusss e mais um desabafo da Dani

6 comentários:

mamãe polvo disse...

Dani linda,
Li o post anterior e fiquei sem saber o que escrever....
Me vi escrevendo aquele post, juro.
Médica grossa e bizarra à parte, sem comentários, eu vivo tudo isso que você escreveu.
Desejei por dois anos ter minha Lulu e hoje que a tenho, amo mais que tudo, parei de trabalhar, bom você sabe...
Ela irá fazer um aninho, ainda tenho muito, mas muito leite.
Amo amamentar!
Mas meus cabelos caem punhados, ando muito sem ânimo, meus pés racham-a podóloga disse que estou desidratada - realmente sentimos uma sede danada né?
E a Lu dorme no meu quarto, numa
cama do meu ladinho e segundo o pediatra, não dorme porque quer o peito e porque sabe que estou do lado.
Vivo seu mesmo dilema, tenho que desmamar e colocá-la no quarto dela.
Quando vou fazer isso???
Quando meu coração de mãe falar!
Me sinto aflita, perdida, mas como sou sozinha para cuidar dela, o peito é meu aliado!
Senão eu piro!
Tá doente? Peito!
Tá manhosa? Peito!
Quer dormir? Peito!
Eu quero ver a novela? Peito!
Não tenho vergonha de dizer isso... acho que acostumei ela mal, e agora???
Sei que para nós duas vai ser horrível, e todo mundo que desmama fala que eles choram muito....
Ai amiga, ainda não decidi nada, vamos ver...
Um beijão, força para nós!

kkfaria disse...

Concordo com tudo o que vc disse, ainda mais depois do que aquela médico grosseira te falou! Cruzes!! Eu mandava ela pastar!

Cris :-) disse...

Nossa, nem me fala... todo mundo me critica por segurar a mão do Matheus e da Lua até que durmam, mas sou incapaz de deixá-los chorando.... é mais forte que eu, não adianta.
Quero estar do lado, quero fazer nanar, quero que durmam se sentindo seguros.
Isso vai ter prejuízo no futuro? Espero que não... acho que vão se sentir amados.
bj

Nádia disse...

Oi...o post anterior me deixou irritada com aquela médica, mas enfim, vc demonstrou ser bem forte...esse post agora eu gostei, continue pensando assim, mãe é mãe e a gente sabe o que o coração manda...tem que criar seu filho com muito amor, do seu jeitinho...e essas coisa de deixar chorando não pode ser bom pra ninguém neh? como recomendam isso? não dá pra dar bola pra essas pessoas insensíveis principalmente médico que talvez nem teve filho...segue teu instinto materno! E quanto ao mamá, vai até onde vc acha que é melhor, se está atrapalhando, tenta ser forte e tirar mesmo, mas se vc não quer, vai levando até onde quiser...o meu primeiro eu fui assim, até quase 2 anos...agora com o segundo filho vi que a cosia tava atrapalhando e passei a dar a mamadeira...ainda dou o peito de vez em quando, pq sinto falta, mas fiz ele pegar a mamadeira...lá no meu blog tem um relato como fiz essa troca, pq parecia impossível pra mim tb mas no fim deu certo do nada! Bjo e boa sorte, confio em vc, quero que fique bem!

Lizy disse...

Não concordo e nem discordo 100%, acho que devemos sim não esquecer que somos mulherem além de mães, eu trabalho quase 24h mas os momentos que estou com meu filho são só dele, mas não concordo que não devemos dizer não ou sucumbir a todas vontades deles.
Primeiro pq estamos criando eles pro mundo, e esse mundo é cheio de nãos e frustrações por isso há sim a necessidades de saber passar por tudo isso, claro de forma amorosa.
Temos que lembrar que nossos filhos são o futuro e o mais importante é cria-los com um bom caráter e dignidade.
Há vida não é feita só de coisas boas, infelizmente...e nós como mães temos que mostrar que somos o porto seguro deles e não criar um mundo irreal onde tudo é belo e cor de rosa.
Amor sempre mas com disciplina sim.
Esta é minha opinião...
Bjs e que vc consiga encontrar o caminho que vc ache correto e que te faça feliz, pq isso é o que importa independente d qualquer coisa...bjs

Rebeca disse...

Amei o post Dani, me fez refletir. Que bom que eu tenho oportunidade de ver experiências de ótimas m~es como vc, aqui no blog. Obrigada!

Beijos

 
Design by Layout para Blog